Oi gente! Meu nome tem a ver com algo que eu nunca perdi: Esperança.
Ser uma dálmata mix não me impediu de sofrer o mesmo destino de tantos amigos SRD: fui abandonada prenha na beira da BR-040, em um dia de muita chuva. Quando a tia me resgatou eu estava tremendo de medo e de frio, esperando meus humanos voltarem 🙁 Estava tão magra que minhas costelas apareciam. Infelizmente, perdi todos os meus bebês e tive que passar por 4 cirurgias em 10 dias. Mas, depois de muito carinho e cuidados estou muito bem e mereço uma família que vai me amar para sempre.
Sou uma cachorrinha de porte grande, muito carinhosa, educada e carente. Me dou super bem com outros doguíneos e amo crianças.
Sou castrada, tenho em torno de 2 anos.
Negativa para leish e cinomose.
Não serei doada para ficar sozinha em quintais ou fazendas. Sou muito amorosa e mereço a vida boa que nunca tive.
Adoção será feita por meio de entrevista e assinatura de termo

Deixe um comentário