Muitas informações! Dia 20/12/21 encontrei essa gatinha dentro do capô do meu carro. Ela estava bem assustada e mancando em uma da patas. Levei-a no hospital veterinário onde foi feito vários exames. O raio-x mostrou que ela quebrou a pelve, mas que não teria que fazer cirurgia, os exames bioquímicos estavam normais, FIV E FELV negativos, mas estava com infecção urinária por reter muito a urina. Levei ela pra casa da minha mãe onde ela está dando todos os remédios e os cuidados necessários. A Mocha já anda normalmente, mas tem o rabinho arrebitado. A veterinária disse que é por conta da fratura e foi o jeito que ela encontrou para conseguir andar. A Mocha tem problemas para urinar então ainda é necessário cuidados especiais. Ela está tomando duas vezes ao dia Gabapentina, que foi prescrito para ajudar na dor. Já mandei manipular o tratamento todo de 3 meses. A Mocha é uma guerreira que está lutando para sobreviver. Não consigo imaginar os horrores que ela já deve ter passado sendo tão novinha. Quando-a resgatei só havia ela, não haviam outros gatinhos ou a mãe e os horrores da rua deve ter sido a causa da fratura na pelve. Ela é super dócil e amável, mas precisa de cuidados especiais neste momento. Eu sou super alérgica a gatos e tenho já 2 cachorros. Quando a encontrei não tinha coragem de não dar suporte nenhum, desde então estou arcando com todos os gastos. Logo depois do veterinário ela foi pra casa da minha mãe, mas minha mãe não tem condições de adotar mais um gato, ela já tem dois adotados e mora em um apartamento.

Deixe um comentário